Entrada Segurança e Saúde
20 | 10 | 2019
Política da Segurança e Saúde
A política de segurança e saúde da empresa assenta nos seguintes objectivos concretos:

  • Cumprir e fazer cumprir a regulamentação em vigor sobre Higiene, Segurança e Saúde no trabalho;
  • Garantir condições seguras na execução das obras para o cliente e trabalhadores;
  • Fomentar a formação, informação e divulgação como forma mais eficaz de prevenir o acidente;
  • Prevenir os riscos é mais seguro que remediá-los;
  • A segurança depende de todos os intervenientes;
  • Fazer da segurança um valor acrescentado da empresa;

O Sector da Construção e Obras Públicas é a nível nacional um dos que apresenta índices de sinistralidade mais elevados. A transposição para o acervo normativo português de directivas europeias sobre Segurança e Saúde no Trabalho, assim como a avaliação dos custos associados aos acidentes levou a uma maior organização das empresas para esta temática.

Neste contexto, formou-se o Gabinete para a implementação das políticas da Qualidade e da Segurança da empresa que, ao delinear as principais estratégias para o Sistema de Gestão da Segurança da CVF e ao estabelecer os métodos organizativos de acordo com as OHSAS 18001/99, permitiu colocar em funcionamento e dar cumprimento às normas e decretos-lei em vigor, dinamizando a sua aplicação, e planeando a sua acção de acordo com planos de acção e de melhoria definidos.

Sabendo-se que por si só a publicação de leis não provoca a alteração das mentalidades e comportamentos, a CVF tem vindo a desenvolver e a implementar as normas de Segurança e Saúde, sendo a gestão desta área realizada pelo Director de Produção, responsável pela coordenação e pela definição, implementação e controlo dos processos e metodologias internas, tendentes a atingir os objectivos que constam da política de segurança da empresa, sendo complementada em cada obra pela acção de um Quadro Técnico com a função de Técnico Superior de Segurança.

A formação e informação dos trabalhadores, de acordo com lei 99/2003, constituem uma obrigação da entidade empregadora, de acordo com as funções que desempenham. Neste sentido foi desenvolvido um plano de formação e informação com a função de identificar as acções de formação e informação a desenvolver e a sua população alvo.

É prática na CVF, no início de cada fase do trabalho, efectuar acções de sensibilização no estaleiro para todos os trabalhadores, onde são dados a conhecer os riscos inerentes às tarefas que se vão iniciar e respectivas medidas de prevenção.

 
Últimas Notícias
NOTÍCIAS RECENTES

Obras -  "Igreja S. Julião de Setubal - Beneficiação de Torre Sineira" - 1º classificado no co...
Ler mais... >>
Em linha
Temos 14 visitantes em linha